segunda-feira, 28 de julho de 2014

Acrescentando cor ao comum

O artista francês OakOak trabalha com uma forma diferenciada de grafite. Ele utiliza objetos das ruas para realizar pequenas intervenções ilustrativas, acrescentando cor e diversão em espaços, que normalmente passariam despercebidas no cotidiano.

Por esse motivo, em sua cidade natal, St Etienne, na França, seus desenhos são considerados parte da paisagem urbana, além de muito admirado por seus conterrâneos orgulhosos.
Confira alguns desenhos e comente sua opinião!
























Fonte: http://www.oakoak.fr/

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Bike Radical



Febre no Youtube, o ex-ciclista profissional Evandro Portela vem impressionando os fãs de esportes radicais sobre duas rodas.

Em seu vídeo mais popular, o atleta aparece pedalando sem capacete a mais de 120 km/h, aproveitando o vácuo de um caminhão, em plena uma rodovia movimentada no Paraná.
O objetivo de tamanha loucura filmada, segundo Evandro, é atingir 180 km/h e entrar para o livro dos recordes.

Mas para cumprir tal feito, o atleta ainda precisa levantar dinheiro o suficiente para fechar a rodovia e garantir total segurança para si mesmo, inclusive com helicópteros do corpo de bombeiros à prontidão.

Assista ao vídeo e veja se você teria coragem:



Fonte: Esportes Uol

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Skatista usa ferro velho para criar arte


O skatista Marcos Pinheiro tem mostrado que manda bem não só no esporte, mas também nas artes.

Além de praticar skate, Marcos é artesão e, utilizando uma maquina de solta feita pelo seu avô, transforma materiais de ferro belho em esculturas que representam diversos esportes radicais (Surfe, wakeboard, mountainboard, stand up paddle, BMX, motocross, patins in line e mergulho por exemplo).

As peças de Marcos já ganharam renome pelo Brasil e são utilizadas como troféu em torneios de skate.








E você, o que achou?


Fonte: Esportes UOL

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Labirintos pelo mundo


Você já deve ter visto, em filmes de ficção, pessoas aprisionadas em gigantescos labirintos sem fim.
Mas fique sabendo que não é só no cinema que esse tipo de monumento existe.
Por todo mundo, existem centenas de labirintos construídos na idade medieval, ou até mesmo feitos como representação artística, que prometem tirar qualquer um de sua sanidade, uma vez que colocados em seu interior.
Para especialistas, a experiência de se encontrar perdido em um labirinto é algo único e inexplicável. Veja uma lista com alguns labirintos que você pode visitar pelo mundo:

Labirinto do Minotauro, Parque florestal Kielder Forest Park – Inglaterra
Construído com basalto e vidro reciclado, este labirinto possui um conjunto de escadas em seu interior, que permite que os visitantes olhem por cima das paredes e estudem possíveis rotas. O objetivo final do labirinto é encontrar uma sala brilhante de rochas feita de vidro reciclado. Porém, mesmo após encontrá-la, você ainda tem mais uma missão: achar a saída!

Labirinto de Gelo – Harbin Ice and Snow Festival
Esse labirinto que fica na China, possui uma característica especial: só se forma uma vez por ano, no auge do inverno, em janeiro. Pegue uma blusa bem quente e tente encontrar a saída antes que seu corpo congele!

O labirinto de vidro de Robert Morris no Nelson-Atkins Museum of Art
Localizado no interior de um museu, esse labirinto que deveria ser mais fácil por ser todo transparente, prega uma peça em que o adentra. O vidro reflete e inverte muitas das passagens que achamos ser possível ver através das paredes, tornando-o ainda mais difícil e enlouquecedor.
Magowans Infinite Mirror Maze – Estados Unidos
O mais louco e psicodélico dentro todos os labirintos que existem, luzes negras e espelhos brilham para fazer o visitante se perder completamente. Justamente por ser um dos mais difíceis de encontrar o fim, a administração do labirinto permite que você fique lá dentro quanto tempo quiser, ou o tempo que precisar para encontrar a saída.

Labirinto de Villa Pisani – Itália
Digno de um labirinto da realeza, até Napoleão já se perdeu dentro dele. Em estilo medieval e circular, possui nove padrões de repetição concêntricos e muitos becos sem saída em torno de uma pequena torre no centro. As paredes são todas construídas em cerca viva, e ao centro, uma estátua de Minerva, fica ao lado de uma escada que pode ajudar o visitante a encontrar a saída.

Ultimate Fort – Japão
Esse labirinto foi criado especialmente para ser impossível de sair. Até hoje, de acordo com a administração do parque em que se encontra, quase ninguém conseguiu.
O labirinto é cheio de missões, obstáculos e tarefas que você precisa realizar para conseguir escapar. Além disso, o parque só te dá meia hora para tentar desvendá-lo.


Fonte e Imagens: MisturaUrbana

sexta-feira, 18 de julho de 2014

New Era X Tokidoki

Você já deve ter visto diversos bonequinhos conhecidos como “Toy arts” seguindo a mesma estética. O que talvez você não saiba, é que a grande maioria desses “toys” são produções de um mesmo estúdio de design que está bombando mundo a fora.

Estamos nos referindo à marca Tokidoki, que vem conquistando os fãs de ilustração em temas orientais e coloridos desde 2003. Apesar de possuir nome japonês (tradução livre: às vezes), a marca foi criada por um designer italiano, Simone Legno.

A Tokidoki sempre se uniu a grandes marcas para criar produtos inusitados, coloridos e que transmitissem o propósito de alegria do estúdio.

Com a New Era não foi diferente. Bonés em tons pastel mostram desenhos que beiram ao “fofo”, misturados com temas adultos, minimalistas, modernos e repletos de cenas undergrounds.

Confira alguns modelos:


























LinkWithin

Related Posts with Thumbnails